O Glamour da moda Italiana no Victoria and Albert Museum!

A exposição The Glamour of Italian Fashion ( O Glamour da Moda Italiana) está em cartaz no Victoria and Albert Museum,e retrata a historia da moda italiana desde 1945 até 2014. Explorando a historia de cada estilista e marca que contribuíram para construir a tradição de qualidade, estilo e glamour da moda italiana. A exposição mostra tanto a moda feminina e a moda masculina, destacando sempre as técnicas de modelagem e costura, os materiais de alta qualidade e conhecimentos que tornou a Itália conhecia pela sua moda. 

italian_fashion_header_1b

A exposição começa a sua narrativa no dramático período de Pós- Segunda Guerra Mundial, onde todos os estilistas e marcas da época tiveram o desafio de retornar ao luxo e ao glamour que foi deixado de lado no período da guerra.

Um marco do renascimento do luxo desta época foram os desfiles realizados na famosa “Sala Bianca” de Florença na década de 1950, que impulsionaram a moda italiana para o mundo.

Desfile na Sala Bianca em 1955

Desfile na Sala Bianca em 1955

A exposição também destaca a importância do cinema para a moda italiana. Tanto o cinema italiano, como os filmes de Hollywood com locações na italiana também ajudaram a destacar a moda italiana e também o estilo de vida italiano. Assim as atrizes Audrey Hepburn e Elizabeth Taylor logo se tornaram embaixadores de estilo para a moda italiana, sempre destacando o luxo da moda made in Itália.

 Gianni Versace, Autumn/Winter 1983/4

Gianni Versace, Autumn/Winter 1983/4

A exposição conta com cerca de 100 looks e acessórios, de marcas como Pucci, Valentino, Gucci, Missoni, Giorgio Armani, Dolce & Gabbana, Fendi, Prada e Versace. Patrocinada pela Bulgari, que representa a tradição e talento da Itália também na joalheria, a exposição  também conta com uma coleção de joias usadas pela Elizabeth Taylor..

Elizabeth Taylor usando joias da Bulgari , 1967 - Veneza

Elizabeth Taylor usando joias da Bulgari , 1967 – Veneza

Outra característica importante da moda italiana, é sem dúvida o seu talento nato pela alfaiataria, que ganhou destaque pela a sua elegância e pela sua modelagem leve e impecável.

Alfaiataria de André Laug, 1960

Alfaiataria de André Laug, 1960

Entre a década de 1950 e 1960, a  moda e a indústria têxtil conseguiram juntas impulsionar grande parte do rápido crescimento econômico da Itália, o que só fez com que a indústria da moda italiana ganhasse mais força e prestigio.

Valentino, Roma - 1967

Valentino, Roma – 1967

Depois de Roma e Florença, em 1970 finalmente Milão se tornou a nova  capital da moda italiana, ganhando destaque e publicidade na imprensa, e unindo todos os setores de vestuário em um só lugar.

Em 1990, a moda ficou cada vez mais internacional, e foi então que os estilistas se tornaram celebridades, desatacando ainda mais o bom gosto da moda italiana e seu estilo de vida, e tornando empresas tradicionais e familiares em marcas de luxo mundialmente conhecidas e desejadas.

Missoni 2003

Missoni 2003

A partir do ano 2000, as marcas tradicionais de luxo da Itália, assim como as do resto do mundo, começam a sofrer com as continuas crises econômicas e cada vez mais se tornarem propriedades estrangeiras, sem contar com o crescimento da China.

Apesar das mudanças ao longo de sua história, a moda italiana continua com a ser reconhecida e desejada pela sua tradição, elegância,qualidade, estilo, atitude e glamour de sempre.

Propaganda da Gianfranco Ferre Fall/Winter 1991

Propaganda da Gianfranco Ferre Fall/Winter 1991

 

Fonte: Victoria and Albert Museum

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s